free stats


     
 

Publicidade:


Foxkeh
Melhor visualizado
com Firefox 3.0
e 1024x768


Contato:
pcezar87@gmail.com

Comunidade Luz Vermelha
Os perdedores:
Lun�tico
Monstro de escuridão e rutilância, foi replicado a partir dos restos de sêmen de uma iguana presentes em ranhuras duma rocha antiga encontrada no Golfo do México. Responsável pela produção caseira atual do jogo PONG, programa com sua sapiência símia altas coisas. Decorador nas horas vagas. Tipo, ele faz o design do blog.
N�voa
Hippie e sujo, trabalha como vassoura humana para garantir seu angu no final do dia. Voou pelo mundo no seu tapete mágico defendo idéias como beat e vorticismo. Só sabe tocar Hurricane do Bob Dylan, e estranhamente, expele fumaça roxa ao fumar, por isso, o apelido.
Larica
Garoto maconheiro e pederasta, nasceu caolho. Usa um tapa-olho. Perdeu a perna durante intercurso na antiga União Soviética com um Urso Pardo. Atualmente vive de esmola no centro de São Paulo.
Death Nails
Tocador de zabumba eletrônica, mora com seu rato de estimação, Lester e uma réplica em tamanho real da tartaruga ninja Leonardo. Tipo sanguíneo: C+. Gosta de caminhar na praia com uma cabeça de bode e é satanista, oh maldito.

Histórico:


Jabá:

Estatísticas

Agradecimentos:



Design por Lunatico

 
     
 
 
Inscreva-se no Luz Vermelha
 
     

Frase Aleatória:

quinta-feira, setembro 06, 2007
Razão Nº XQTR-7 de Ser.

 

Meu Deus! O mundo está acabando! As ideias e os ideais das pessoas, estão escassos! Mães e filhos choram pela tirania humana! Homens percebem que sua grandeza se limita a eles mesmo. Eles se lamentam pela degradação da nossa espécie, que vem reagindo como ácido de bateria na nossa pele, como se nossa insignificância seria tamanha, que não conseguimos decidir o nosso próprio destino!
Cadê?? Aquele Homem que construía e descontruía? Matava e revivia? Criava de meras pedras, uma obra de arte! Alquimistas! Magos! Não, Deuses! Aquele humano hipócrita, crente e respeitável, que ia para a missa todo o domingo, sabia que podia controlar todos ao seu redor. Mente suja e arruinadora! Você planeja cada passo do seu plano maligno, e depois tortura, devasta as pessoas, por pura comodidade, arrogância.
Veja! Veja o que resta de humano em você. Veja que tudo que você destruiu ou construiu, não terá o mínimo valor. Exatamente, nenhum valor. Por quê? Pois você morrerá, e será transformado em cinzas, onde você ficará numa urna que padecerá em uma estante empoeirada do seu filho(a), ou comidos por vermes, esquecido eternamente numa caixa de concreto. Fria e escura. O que você prefere para seus restos mortais? Resumi-los em cinzas, cinzas que nunca renasceram, cinzas que continuaram cinzas, cinza e monótona. Ou será que você prefere ser devorado por vermes nefastos, e apodrecer até que seus últimos pelos, e últimos ossos, permaneçam intactos, pelo menos isso seria verdade, até que o tempo, o grande vilão, decida o que ele fará com o que restou.
Valeu a pena? Viver como um escravo da oportunidade, da malícia, do egoísmo? Por que não deixar sua racionalidade de lado, que te envenena a cada dia que você vive, e te faz descobrir as crueldades e as atrocidades que é aturar sua miserável vida em pequenos sussuros que nos ocorrem em momentos inusitados? O peso da consciência! O peso da verdade! O peso do conhecimento Por que não viver como o animal instintivo que você realmente é? Viva, com todo o fervor, com o máximo de sexo possível, com o máximo de crias possíveis, com o máximo de comida possível, com o máximo de sono, e claro, de instinto de sobrevivência possível. Viva, como o animal que você realmente é, um mero organismo, uma pó cósmica, perdida, sem razão e sem rumo. Sem saber o que te fez, e que te faz, e o que te fará. Sem saber o que é, foi, criou, e aconteceu.

A sua certeza é sua incerteza; Não há o que temer, simplesmente esqueça.

Expelido por: larica às 21:19
|



Layout por lunatico - Luz Vermelha 2009