free stats


     
 

Publicidade:


Foxkeh
Melhor visualizado
com Firefox 3.0
e 1024x768


Contato:
pcezar87@gmail.com

Comunidade Luz Vermelha
Os perdedores:
Lun�tico
Monstro de escuridão e rutilância, foi replicado a partir dos restos de sêmen de uma iguana presentes em ranhuras duma rocha antiga encontrada no Golfo do México. Responsável pela produção caseira atual do jogo PONG, programa com sua sapiência símia altas coisas. Decorador nas horas vagas. Tipo, ele faz o design do blog.
N�voa
Hippie e sujo, trabalha como vassoura humana para garantir seu angu no final do dia. Voou pelo mundo no seu tapete mágico defendo idéias como beat e vorticismo. Só sabe tocar Hurricane do Bob Dylan, e estranhamente, expele fumaça roxa ao fumar, por isso, o apelido.
Larica
Garoto maconheiro e pederasta, nasceu caolho. Usa um tapa-olho. Perdeu a perna durante intercurso na antiga União Soviética com um Urso Pardo. Atualmente vive de esmola no centro de São Paulo.
Death Nails
Tocador de zabumba eletrônica, mora com seu rato de estimação, Lester e uma réplica em tamanho real da tartaruga ninja Leonardo. Tipo sanguíneo: C+. Gosta de caminhar na praia com uma cabeça de bode e é satanista, oh maldito.

Histórico:


Jabá:

Estatísticas

Agradecimentos:



Design por Lunatico

 
     
 
 
Inscreva-se no Luz Vermelha
 
     

Frase Aleatória:

quarta-feira, outubro 17, 2007
Piada do dia... pensando bem, do mês

 
Porque postar uma piada todo dia é foda...

Existia um índio, que tinha apenas 1 testículo. O chamavam de pedra única. Ele odiava esse apelido. Passava pelo pajé e ele falava: eae pedra única? hahahahaha!
Passava pelos guerreiros que gritavam: Olha, é o pedra única!!! HAHAHAHA!
Ele ficava possesso com este apelido. E disse um dia, que se alguém o chamasse novamente ele mataria essa pessoa! E então ninguém mais chamou ele de Pedra Única.

Certo dia, uma índia, chamada Pássaro Azul esqueceu dessa promessa do Índio e chegou o saudando: Como vai Pedra Única?
Ele, louco da vida pegou a mulher levou a para longe da aldeia e trepou com ela o dia e a noite toda, e o dia e a noite seguinte, e a mulher finalmente morreu de exaustão.

Certo tempo depois, a prima de Pássaro Azul, Pássaro Amarelo, voltou de uma viagem longa, então não sabia dessa promessa de Pedra Única. Chegou toda feliz abraçando-o: Que saudades Pedra Única!!
Ele, louco da vida puxou a índia para o mesmo lugar onde havia comido sua prima e começou seu trabalho. Comeu ela a noite toda, o dia seguinte todo, mas a mulher não morria! O dia seguinte também e ela aguentava, fortemente.

Moral da história?











tenta adivinhar vai!!!












num vai nem tentar??












Ok, eu falo...










Não se pode matar dois PÁSSAROS com uma PEDRA ÚNICA!
HAIUHIAUWHAIUWHIAUWHIAWUH ai ai

Marcadores:

Expelido por: lunatico87 às 20:04
|



Layout por lunatico - Luz Vermelha 2009