free stats


     
 

Publicidade:


Foxkeh
Melhor visualizado
com Firefox 3.0
e 1024x768


Contato:
pcezar87@gmail.com

Comunidade Luz Vermelha
Os perdedores:
Lun�tico
Monstro de escuridão e rutilância, foi replicado a partir dos restos de sêmen de uma iguana presentes em ranhuras duma rocha antiga encontrada no Golfo do México. Responsável pela produção caseira atual do jogo PONG, programa com sua sapiência símia altas coisas. Decorador nas horas vagas. Tipo, ele faz o design do blog.
N�voa
Hippie e sujo, trabalha como vassoura humana para garantir seu angu no final do dia. Voou pelo mundo no seu tapete mágico defendo idéias como beat e vorticismo. Só sabe tocar Hurricane do Bob Dylan, e estranhamente, expele fumaça roxa ao fumar, por isso, o apelido.
Larica
Garoto maconheiro e pederasta, nasceu caolho. Usa um tapa-olho. Perdeu a perna durante intercurso na antiga União Soviética com um Urso Pardo. Atualmente vive de esmola no centro de São Paulo.
Death Nails
Tocador de zabumba eletrônica, mora com seu rato de estimação, Lester e uma réplica em tamanho real da tartaruga ninja Leonardo. Tipo sanguíneo: C+. Gosta de caminhar na praia com uma cabeça de bode e é satanista, oh maldito.

Histórico:


Jabá:

Estatísticas

Agradecimentos:



Design por Lunatico

 
     
 
 
Inscreva-se no Luz Vermelha
 
     

Frase Aleatória:

domingo, março 16, 2008
Crônicas do cú assado

 
Sacou? A idéia é mais ou menos por aí.

São Paulo, dia 16/03/08

Em uma casa de um playboy "quadrizillionário", o playboy, bêbado, vasculha os longos 14000 hectares da sua villa homérica. Era um sábado, e claro, dia de festa e suruba, cuja população da villa era constituída de 99.2% de outros "banbanbans" do Brasil, menores de idade.
De repente, o jovem dono de 10% do PIB brasileiro se depara com uma visão um tanto quanto espalhafatosa e perversa. Um casal de jovens se comendo em ritmo de festa, posição papai-mamãe, acompanhados do doce luar daquela noite estrelada. Pelados e felizes, bem no meio do mato, deitados na LAMERDA (lama + merda). "Mas que putaria é essa?" disse o dono da casa, segundo testumunhas. "Vá se foder" foi a réplica usada pelo varão, que não sabia mais se seu pau estava na lama, ou no lugar onde deveria estar mesmo. A vadiazinha estava feliz daquele jeito mesmo.
Dia seguinte, a jovem puta semi-européia, e poliglota fica com uma terrível fama de CALIGATA, e hoje, seu melhor amigo é o consolo da mãe e/ou vegetais fálicos. O seu par do sexo masculino saiu ileso, com uma certa glória.

Moral do dia: Surubas luxuosas são legais, mas pra quê foder no mato quando você se dispõe de 148 quartos na villa, e pra quê mandar o dono daquilo tudo se foder? Ou seja, uma consequência de burrice leva à outra.

(Inspirado em uma história verdadeira, com algumas hiperbolizações.)

Expelido por: larica às 22:39
|



Layout por lunatico - Luz Vermelha 2009