free stats


     
 

Publicidade:


Foxkeh
Melhor visualizado
com Firefox 3.0
e 1024x768


Contato:
pcezar87@gmail.com

Comunidade Luz Vermelha
Os perdedores:
Lun�tico
Monstro de escuridão e rutilância, foi replicado a partir dos restos de sêmen de uma iguana presentes em ranhuras duma rocha antiga encontrada no Golfo do México. Responsável pela produção caseira atual do jogo PONG, programa com sua sapiência símia altas coisas. Decorador nas horas vagas. Tipo, ele faz o design do blog.
N�voa
Hippie e sujo, trabalha como vassoura humana para garantir seu angu no final do dia. Voou pelo mundo no seu tapete mágico defendo idéias como beat e vorticismo. Só sabe tocar Hurricane do Bob Dylan, e estranhamente, expele fumaça roxa ao fumar, por isso, o apelido.
Larica
Garoto maconheiro e pederasta, nasceu caolho. Usa um tapa-olho. Perdeu a perna durante intercurso na antiga União Soviética com um Urso Pardo. Atualmente vive de esmola no centro de São Paulo.
Death Nails
Tocador de zabumba eletrônica, mora com seu rato de estimação, Lester e uma réplica em tamanho real da tartaruga ninja Leonardo. Tipo sanguíneo: C+. Gosta de caminhar na praia com uma cabeça de bode e é satanista, oh maldito.

Histórico:


Jabá:

Estatísticas

Agradecimentos:



Design por Lunatico

 
     
 
 
Inscreva-se no Luz Vermelha
 
     

Frase Aleatória:

sexta-feira, maio 23, 2008
Assassinato auditivo

 
Olha, eu sei que nos dias de hoje, sampling é algo muito comum que acontece por todo o mundo, e até o Jimmi Page já entregou a bunda pro P. Diddy, aniquilando com "Kashmir". Houve também o triste caso da versão POP GAY do "Behind Blue Eyes" do The Who, que o Limp Bizkit fez.

Esses samplings foram facadas para mim, na época. Mas enfim. Eu não condeno o sampling, pois adoro Daft Punk, e eles fizeram o uso mais inteligente de todos os tempos de sampling, pegando bandas super desconhecidas, mas que faziam boas músicas, e aproveitando-as.

Agora, para tudo há limite. Minha curiosidade me matou ao procurar obras clássicas, como o principe Igor, e algumas músicas progressivas, como "Nous Sommes du Soleil", do Yes (que, vale a pena frizar, é uma música EXTREMAMENTE complexa), e "Cathedral de Aragon" do Rick Wakeman (outra loucura musical). Pois é, fizeram sampling disso tudo aí que eu disse.

Nem vou perder mais muito meu tempo não. Vou postar os vídeos desgraçados de cada um, e que fique ao julgamento de vocês. Meu trabalho aqui, acabou. Isso me deprime muito...



Esse daqui é o do "Cathedral de Aragon" do Wakeman.



Esse é do "Nous Sommes du Soleil". É o menos avacalhado de todos, nunca imaginei que daria em rap. Uma pena que os rappers que ouvem isso não conhecem a música de verdade, que por sinal é maravilhosa.



Essa é a desgraça do cretino que fez sampling do tema do Principe Igor. Triste.


Olha, sinceramente, acho que o mais desgraçado de todos é o filho da puta que fez o remix versão NIGGA do principe igor. Ficou medonho. Cagaram no pau. Mas no final das contas, é o preço a pagar. É o que chamam por aí de carma, não é? Eu faço mal a comunidade musical, baixando música, e eles, produtores da música, fazem merda para nós engolir.

Maravilha.

Expelido por: larica às 22:54
|



Layout por lunatico - Luz Vermelha 2009