free stats


     
 

Publicidade:


Foxkeh
Melhor visualizado
com Firefox 3.0
e 1024x768


Contato:
pcezar87@gmail.com

Comunidade Luz Vermelha
Os perdedores:
Lun�tico
Monstro de escuridão e rutilância, foi replicado a partir dos restos de sêmen de uma iguana presentes em ranhuras duma rocha antiga encontrada no Golfo do México. Responsável pela produção caseira atual do jogo PONG, programa com sua sapiência símia altas coisas. Decorador nas horas vagas. Tipo, ele faz o design do blog.
N�voa
Hippie e sujo, trabalha como vassoura humana para garantir seu angu no final do dia. Voou pelo mundo no seu tapete mágico defendo idéias como beat e vorticismo. Só sabe tocar Hurricane do Bob Dylan, e estranhamente, expele fumaça roxa ao fumar, por isso, o apelido.
Larica
Garoto maconheiro e pederasta, nasceu caolho. Usa um tapa-olho. Perdeu a perna durante intercurso na antiga União Soviética com um Urso Pardo. Atualmente vive de esmola no centro de São Paulo.
Death Nails
Tocador de zabumba eletrônica, mora com seu rato de estimação, Lester e uma réplica em tamanho real da tartaruga ninja Leonardo. Tipo sanguíneo: C+. Gosta de caminhar na praia com uma cabeça de bode e é satanista, oh maldito.

Histórico:


Jabá:

Estatísticas

Agradecimentos:



Design por Lunatico

 
     
 
 
Inscreva-se no Luz Vermelha
 
     

Frase Aleatória:

terça-feira, fevereiro 03, 2009
Dicas Musicais (The Blog Version)

 
Bah, andei meio entediado e sem idéias. E nada melhor que fazer o que gostamos né? Vou fazer esse novo bloco, em que eu falo um pouquinho sobre 3 cds que eu andei ouvindo e achei fodástico. Bom, lá vai:


Reggatta De Blanc - The Police

Cara, esse álbum é foda. É nesse álbum que eles abandonam o breve surto de rebeldia pelo qual eles passam no Outlandos D'Amour, e eles se tocam que eles têm pêlos no peito. O Steward Copeland continua arrasando (como sempre), o Andy Summers aparentemente descobre sua paixão por Robert Fripp e começa a trabalhar mais a harmonia da música, injetando nela intervalos raramente usados na música como nonas (message in a bottle), mas quem mais cresceu foi o Sting. Tanto o seu lado narcissista como o seu lado musical. Bom, ele sempre foi egocêntrico, mas ele se definiu nesse álbum como o grande músico que ele é. Linhas de baixo precisas e vivas, a voz venenosa e única de Sting, fazem dele um ótimo frontman. Ah, e claro, as músicas de Outlandos D'Amour já eram bastante irreverentes, mas senti um enorme pitada de maturidade nesse álbum. Destaques: Bring on the Night, The Bed's too Big Without You, Deathwish, Walking on the Moon e claro, Message in a Bottle.



Triumvirat - Spartacus

Só de pensar nesse álbum, eu começo a suar. Quando eu pensei que eu tinha virado a página do prog rock, não. Ele nunca me abandona. Eu tenho fases. E agora tô na fase "piração ELP". E Triumvirat é um banda com um toque único, mas fãs de ELP irão adorar essa pérola da música contemporânea. A música "Spartacus" tem pedaços bem supertramp com david bowie, e os solos são bastante ELP (great!). Muito muito muitooooo bom a parada. Prog de qualidade. Excelentes músicos. Uau, fantástico. O que me inspirou esse post foi justamente esse álbum. Estou sem palavras. Vocês têm que ouvir. Bom, nesse álbum, não tem destaque, porque o gostoso de álbum prog, principalmente um concept album que nem esse, é ouvir ele na ordem, inteiro. É uma boa trilha sonora para um dia que você se sente animado, mas não tem ninguém para dividir essa animação. (Vocês sabiam que Brain Salad Surgery quer dizer BOQUETE????? Caralho, ELP é muito foda. Deixa qualquer coisa vulgar, elegante e respeitável... e quando eles não querem criar música, o que eles fazem??? LOVE BEACH. Oh yeah.)


So Many Nights - The Cat Empire

Uma banda australiana ofuscada pela mídia global muito interessante. Eles misturam todos os tipos de estilos músicais possíveis, mas os preferidos deles são música latina e funk (from USA®). Eu baixei tudo deles, mas não tive tempo de ouvir os outros álbuns, e acabei ouvindo mais esse com meus amigos. Muito interessante, muito mesmo. Pra falar a verdade, esse álbum é MUITO FODA PORRA. Desculpa pessoal, mas eu tava tentando me lembrar, e me lembrei; as músicas mais fodas deles estão nesse álbum. E esse foi o último que eles lançaram. Eu aconselho todos, são todos MUITO bons. Mas nesse eles detonaram. A música "Till the Ocean takes us all" tem um dos agudos mais orgasmáticos de todos os tempos. Juro, Jizz in my pants style. Muito bom. A música com o nome do álbum é gostosa de se ouvir. Lembra-me de "Crosstown Traffic" do Jimi. E uma coisa que eu adoro na música, é uma boa progressão, que você acha na música "Sunny Moon". Se a passagem da introdução até o auge apoteótico for no ponto, então a música é foda pra cacete. Lembrem-se crianças, dois fatores que fazem com que a música seja FODA (sem desculpas): Progressão perfeita, uma cadência diferente e habilidosa do baixista, (e/ou qualquer coisa que o Geddy Lee e Robert Fripp fazem). Bom, falei demais. Os destaques são: Sunny Moon, So Many Nights, Fishies, The Darkness e Till The Ocean Takes us All.



Bom, é isso galera. Espero que tenham curtido minha triunfante volta. Faz tempo que não faço um post tão longo. Beijinhos.

Expelido por: larica às 01:20
|



Layout por lunatico - Luz Vermelha 2009