free stats


     
 

Publicidade:


Foxkeh
Melhor visualizado
com Firefox 3.0
e 1024x768


Contato:
pcezar87@gmail.com

Comunidade Luz Vermelha
Os perdedores:
Lun�tico
Monstro de escuridão e rutilância, foi replicado a partir dos restos de sêmen de uma iguana presentes em ranhuras duma rocha antiga encontrada no Golfo do México. Responsável pela produção caseira atual do jogo PONG, programa com sua sapiência símia altas coisas. Decorador nas horas vagas. Tipo, ele faz o design do blog.
N�voa
Hippie e sujo, trabalha como vassoura humana para garantir seu angu no final do dia. Voou pelo mundo no seu tapete mágico defendo idéias como beat e vorticismo. Só sabe tocar Hurricane do Bob Dylan, e estranhamente, expele fumaça roxa ao fumar, por isso, o apelido.
Larica
Garoto maconheiro e pederasta, nasceu caolho. Usa um tapa-olho. Perdeu a perna durante intercurso na antiga União Soviética com um Urso Pardo. Atualmente vive de esmola no centro de São Paulo.
Death Nails
Tocador de zabumba eletrônica, mora com seu rato de estimação, Lester e uma réplica em tamanho real da tartaruga ninja Leonardo. Tipo sanguíneo: C+. Gosta de caminhar na praia com uma cabeça de bode e é satanista, oh maldito.

Histórico:


Jabá:

Estatísticas

Agradecimentos:



Design por Lunatico

 
     
 
 
Inscreva-se no Luz Vermelha
 
     

Frase Aleatória:

quarta-feira, dezembro 08, 2010
La broña del Señor Raide

 
Um dia, saindo com seu amigo e roceiro de infância, Senhor Lopes Assis de Ai Meu Deus (mas que ele chamava só de Johnny), doutor Jeca dizia sobre os acontecimentos corriqueiros da cidade bacanuda do interior.
-Óia sô, veio uma moreninha onti lá nu consutório... ôxi, minina safada! 18 aninhos, e qui corpão! Bundinha redondinha, peituda que só o demônio, parecia cum a Anjelina Gioli. Goshhhtosa de bater com o pé nu chão. Pena qui ela tava com dor de ouvido só.
- Ou seu fio duma égua, era minha filha!
- Sua fia era goshtosa, viu? Posso fudê ela?
- Nem fudeno se fode ela, sô. Ou cumpadi, olha ali, tá vendo aquela casa ali?
Doutor Jeca suou frio ao reconhecer a casa. Era lá que tudo acoooooooontecia...
- A rapeize diz que um demônio que mora lá. Outro dia mesmo, era de madrugada, tava voltano do puteiro... aí passando por lá vi um baixinho arrepiando o rabo do jumento... até aí normal, mas depois ele começou a ser arrepiado pelo jumento enquanto batia uma. Que filho duma puta!
Doutor Jeca tinha flashs de uma noite que sentia um prazer gay indescritível. E no dia seguinte seu cu doía pra cacete. Quase como... um jumento tivesse o enrabado...

Marcadores:

Expelido por: lunatico às 00:46
|



Layout por lunatico - Luz Vermelha 2009